Microconto - José Paulo Santos


Ela voa em silêncios. Plana em espirais. É falcão. Observa e sente fora do alcance da presa. Ponto de sombra altiva. Discreta. Desliza na quietude da batida tranquila do olhar. Espera. Espera. A presa intui o rumor da presença invisível do último momento. Silêncio. Sou alvo. Rasga-se o céu.

~ José Paulo Santos ~

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Os sete pilares da sabedoria ( T.E. Lawrence) - versão PDF