A Dama de Shalott

A Dama de Shalott é um poema ou balada vitoriana, escrita pelo autor inglês Alfred Tennyson. 

Este poema conta a história da Dama de Shalott que vive numa ilha, com um castelo, próxima a um rio que flui para Camelot, mas pouco se sabe sobre ela e sobre os agricultores locais. 

À medida que o poema avança é descrita a vida da dama, descobrindo-se que ela foi amaldiçoada, e precisa constantemente tecer uma rede mágica sem poder olhar directamente o mundo. Em vez disso, ela vê através de um espelho que reflecte a movimentada estrada de pessoas de Camelot que passam pela sua ilha. 

Um dia, vê então o "ousado sir Lancelot" em seus passeios. Ela para de tecer e olha pela sua janela em direcção à Camelot, caindo sobre si a maldição. Ela deixa sua torre, encontra um barco no qual escreve seu nome, e desce o rio em direcção a Camelot. Só que ela morre antes de chegar ao palácio, e entre cavalheiros e damas quem a vê é Lancelot.


Comentários

Mensagens populares deste blogue

Os sete pilares da sabedoria ( T.E. Lawrence) - versão PDF