A arte de criar personagens (1)


Confesso que estava a pensar em falar de coisas mais leves durante este fim de semana, só para não ter de pensar muito. No entanto, enquanto andava a navegar pela internet, deparei-me com este formulário de criação de personagens (em inglês) e comecei a rir-me.

Creio que devo ter preenchido quase uma centena de formulários destes durante os anos em que joguei Roleplay e tenho a dizer-vos que, para mim, esta era uma das partes mais giras. Adorei e adoro criar personagens e estes formulários são apenas um resumo daquilo que um personagem é mas, digo-vos que são um excelente instrumento para não nos perdermos. Sim, porque é muito fácil perdermo-nos nos nossos próprios enredos e às tantas já não sabemos quem é quem.

É claro que fazer uma fichinha destas para cada um dos personagens dá trabalho mas, e daí, nunca ninguém disse que escrever não era um caminho tortuoso. É, de facto, um caminho dificil e quantos mais instrumentos tivermos para nos ajudar, melhor. Não é obrigatório que o façamos mas, se for preciso podemos escolher fazê-lo. Além disso tem uma vantagem adicional, porque podemos testá-lo. Isto é podemos dá-lo a um/a amigo/a nosso, coloca-lo/a perante a cena que estamos a imaginar e ver o que é que o outro faria. Muitas vezes o resultado é surpreendente.

Por agora é tudo mas, haveremos de voltar à criação de personagens até porque é um elemento importantíssimo quando contamos uma boa história.  

Comentários