A cidade de vidro - Vol. 3 - Cassandra Clare

Clicar aqui

Ora bem, gostei mais da Cidade das Cinzas do que, propriamente, deste último livro (apesar de ainda existirem mais 3 livros nesta colecção que me parecem ser uma espécie de um spin-off). O desfecho do Valentine ou Valentim (para os amigos) pareceu-me um pouco forçado já para não dizer, um tanto ou quanto inadequado (talvez). Basicamente, a autora decidiu que tinha de o matar - sabe-se lá porquê já que não era imperioso que tal sucedesse - para que a história terminasse. No entanto, isto não só não é necessariamente verdade, como também alguns eventos parecem ser injectados no enredo despropositadamente. Ou seja, o facto de existirem não acrescenta nenhuma mais-valia nem à história, nem ao desfecho da mesma e isto, para mim, foi o maior problema que encontrei neste livro.

Quando se escrevem histórias, no universo do fantástico ou outro universo qualquer, não devemos interferir no desenvolvimento lógico da personagem e só devemos eliminá-la quando é algo que faz sentido para a história, principalmente, quando se trata de um antagonista bem construído de raíz.

Enfim, vamos ver o que acontece no próximo volume, na Cidade dos Anjos caídos.   

Comentários