Eu e o meu Kobo

Pois é verdade, aqui há umas semanas atrás comprei um ebook reader e desde então nunca mais o larguei.

Inicialmente pensei comprar um Kindle, através da amazon, no entanto dava tanto trabalho, a impaciência era tanta e nem por isso saía mais barato do que algumas das outras opções disponíveis, que acabei por ir á FNAC comprar um Kobo. É praticamente a mesma coisa e serve o seu principal propósito que é: proporcionar-me boa leitura.

Poder-me-ão dizer "ah mas os verdadeiros livros...", sim os verdadeiros livros, não há nada como folhear um verdadeiro livro efectivamente, todavia se formos olhar bem para os preços dos livros, valham-nos os deuses! Pelo preço de 1, consigo ler uns 3 ou 4 no meu Kobo. Já para não dizer que é mais ecológico ter um ebook reader do que contribuir para a destruição de árvores. 

Ponderados os prós e os contras da aquisição de tal aparelhómetro, concluí que seria bem mais vantajoso adquiri-lo. Há imensos livros por de onde escolher, logo a oferta é bastante razoável, os preços são muito mais razoáveis do que o preço do livro tradicional e todo o processo de manuseamento é bastante simples. 

Obviamente que também há livros em Português (continental e do brasil), e pelo que já pude verificar as traduções até são boazinhas (apesar de algumas não serem extraordinariamente brilhantes e num caso ou noutro talvez a revisão de texto tenha falhado). 

Portanto, meus caros, se estiverem na dúvida entre comprar - ou não - uma coisa destas, comprem... desde que tencionem utilizá-la é claro. Se estiverem indecisos entre um Kindle ou um Kobo, bom é assim: Se tiverem alguém que vos possa enviar um Kindle do Reino Unido, de França, de Espanha ou dos EUA (atenção, neste caso tenham em conta a possibilidade de terem de pagar direitos aduaneiros porque é um país fora da União Europeia), talvez seja uma opção a considerar porque é capaz de sair mais barato. Se não tiverem essa opção, o Kobo é uma boa escolha e sair-vos-á ao mesmo preço de um Kindle com a vantagem de não terem que estar à espera que chegue, nem terem de temer que vos seja abarbatado pelo caminho... Sim, porque há muitos amigos do alheio nestas coisas. 

Até à próxima e fiquem bem.

Comentários